NOTÍCIAS  >  NOTÍCIAS  >  Crianças exploram o habitat do saramugo
NOTÍCIAS

2016-05-25 15:48:26

Crianças exploram o habitat do saramugo

A educação ambiental do Projeto LIFE Saramugo arrancou em força neste ano letivo de 2015/2016. Estas ações envolveram os alunos do Ensino Pré-escolar, 1º e 2º Ciclo das escolas das áreas de intervenção do projeto. Assim, 14 escolas dos Concelhos de Arronches, Moura, Barrancos, Mértola, Almodôvar e Alcoutim participaram nas atividades de educação ambiental do LIFE Saramugo, envolvendo um total de 42 turmas com 697 alunos.

Nestas ações aplicaram-se duas abordagens distintas mas complementares. Numa primeira abordagem, a visita à escola pelos técnicos do Projeto LIFE Saramugo permitiu apresentar o saramugo, as suas principais ameaças e o projeto que o pretende conservar.
Para os alunos do 1º e 2º ciclo realizou-se uma pequena apresentação e dinâmicas de jogos em sala de aula, para transmitir conhecimentos relativos à biologia e ecologia do saramugo e das espécies que com ele coabitam, bem como, o papel do saramugo no habitat em que está inserido. No caso dos alunos do pré-escolar optou-se por substituir a apresentação pelo conto de uma história com ajuda dos próprios alunos, abordando os mesmos temas, mas de uma forma mais interativa.
 


A segunda abordagem decorreu no 3º período realizando-se uma saída de campo para observar e experienciar, in-loco, o habitat do saramugo e a biodiversidade associada às ribeiras em bom estado de conservação. De galochas calçadas e camaroeiro na mão, observaram-se macroinvertebrados aquáticos, alguns peixes, anfíbios e aves.

Foi ainda proposto a cada turma decorar um modelo XXL de saramugo, para estimular a criatividade e expressão plástica das crianças abordando a temática da espécie. Mais tarde estes modelos serão exibidos sob a forma de “exposição itinerante” em cada uma das escolas que adotaram o Projeto LIFE Saramugo.

Espera-se que estas ações de sensibilização permitam criar desde cedo um sentido de responsabilidade pela proteção e conservação do nosso património natural e das espécies mais ameaçadas, em particular do tão ameaçado saramugo.
 

 

Top