NOTÍCIAS  >  NOTÍCIAS  >  Por onde andam os saramugos?
NOTÍCIAS

2015-04-28 11:47:18

Por onde andam os saramugos?

Um dos aspetos mais importantes na conservação de uma espécie é ter um conhecimento aprofundado da sua situação populacional e área de distribuição. Esta informação é sobretudo importante em espécies com populações muito pequenas e fragmentadas, como é o caso do saramugo.

O saramugo é um pequeno peixe de água doce, endémico do sul da Península Ibérica, presente em apenas alguns troços das bacias dos Rios Guadiana e Guadalquivir.

O Projeto LIFE Saramugo, iniciado em Julho de 2014, pretende promover a conservação das populações de saramugo em 3 sub-bacias do rio Guadiana (Xévora, Ardila e Vascão), com o intuito de salvaguardar a sobrevivência desta espécie. Assim, teve início no final de março o trabalho de campo em vários pontos das ribeiras tributárias do Rio Guadiana para confirmar as áreas de ocorrência e a abundância das populações de saramugo. Com este intuito vários troços de cursos de água são amostrados pelas equipas dos vários parceiros do projeto (AQUALOGUS, LPN, ICNF e UÉVORA) que recorrem à pesca elétrica para a captura dos peixes. Todos os peixes capturados são identificados e medidos, sendo as espécies nativas devolvidas à ribeira. Durante a amostragem são também recolhidos parâmetros relacionados com a qualidade da água, habitat, e fatores antrópicos para melhor avaliar as potenciais ameaças e fatores que condicionam a distribuição e sobrevivência do Saramugo.

A realização destes trabalhos, que decorrem até junho de 2015, irá fornecer dados importantes à equipa do Projeto LIFE Saramugo para fundamentar as ações de gestão do habitat que se pretende que beneficiem este pequeno peixe endémico do sul da Península Ibérica e, se possível, ajudem a reverter a situação de pré-extinção que se está a verificar.

Top